terça-feira, 28 de julho de 2009

AVALIAÇÃO PROCESSUAL



A Construção do Portfólio eletrônico torna-se um momento de soberania do aluno.Pois ele tem o direito de expressar o seu pensamento e de dar a sua contribuição seguinte o seu ponto de vista,com total autonomia de discurso.O que me parece algo inovador,tendo em vista,a realidade da educação brasileira.O aluno produz e reflete toda a aula o que aprendeu,por isso é uma constante o seu desenvolvimento de pensar.Pois ele, sempre estará trabalhando,produzindo no seu Portfólio.


Penso que ficou em minha mente,uma mensagem super positiva do Portfólio.Sabendo que servirá e ajudará outras pessoas como ferramenta de desenvolvimento de idéias na língua materna.Como educador tenho muito orgulho de participar deste projeto que agora é uma realidade.Destaco que os princípios da construção,da reflexão e da criatividade indicam outra dimensão de grande relevância:a auto-avaliação.Á medida que o trabalha,ele desenvolve o pensar constante sobre o seu desenvolvimento.Isso o leva ao desenvolvimento da capacidade de avaliar se próprio desempenho com a finalidade de avançar sempre.

Assim,tenho certeza que a minha aprendizagem sofreu forte impacto e direcionamento com a construça

SÍNTESE CONCLUSIVA


O trabalho pedagógico não é exclusivamente do professor.Ele é desenvolvido em parceria.Alunos e professores são os responsáveis pelo trabalho pedagógico.O aluno produz e reflete toda a aula o que aprendeu,por isso é uma constante o seu desenvolvimento de pensar.Pois ele sempre estará trabalhando,produzindo no seu Portfólio.
Seu objetivo é desenvolver reflexão,criatividade,autonomia e autoavaliação.

Focalizar os príncipios norteadores e seus propósitos e suas expextativas do trabalho com o portfólio.
Em termos de objetivos,A construção do conhecimento sobre a escrita na criança pequena:as contribuições teóricas .As concedpções sobre a língua subjacentes ás práticas docentes:os métodos de alfabetização.O ensino da língua oral e escrita na Educação infantil: a entrada no mundo da escrita:leitura e escrita de textos:características de um ambiente de cultura escrita:opapela do professor.Propostas pedagógicas para o ensino da língua oral e escrita na Educação infantil.Em se tratando de objetivo o portfólio eletrônico é fundamental na construção de conhecimento sobre o ensino de língua materna educação infantil.
Objetivo geral:

Compreender os processos de aquisição e desenvolvimento da língua escrita e oral na educação infantil.

Objetivos específicos:

Conhecer os processos de aquisição da leitura e da escrita nas crianças de 0 a 6 anos.
Conhecer os pressupostos fundamentais dos processos de alfabetização e letramento em crianças de 0 a 6 anos.
Refletir criticamente sobre os propostos curriculares para o trabalho da língua oral e escrita na Educação infantil.
Construir propostas metodológicas para o trabalho da língua oral e escrita na Educação infantil.


Bibliografia: Construindo o Portfólio Eletrônico - Araújo,Ivanildo Amaro.

SÍNTESE CONCLUSIVA

PRÁTICAS DE LINGUAGEM ORAL - ERIC JACOBSON

A ALFABETIZAÇÃO E A IDENTIDADE SOCIAL SURGEM AO MESMO TEMPO,E AS HABILIDADES NECESSÁRIAS PARA MANEJAR ESSA IDENTIDADE SOCIAL,ATRAVÉS DO USO DA ESCRITA,SÃO MAIS COMPLEXAS E NÃO SE REDUZEM A SABER SIMPLESMENTE UM MANEJO DE REGRAS SOBRE AS LETRAS. É PRECISO QUE NÓS EDUCADORES,NÃO PENSEMOS APENAS NOS GRAFEMAS E FONEMAS,É PRECISO IR ALÉM...


PRÁTICAS DE LINGUAGEM ORAL E ALFABETIZAÇÃO INICIAL NA ESCOLA:PERSPECTIVA SOCIOLINGUÍSTICA

O autor constrói a idéia que não vamos ensinar um novo idioma para os meninos e meninas no termo múltiplas alfabetizações.O cotidiano,o meio familiar,a criança fala do su jeito.É adequado com o contexto da oralidade.Ele não desconsidera a forma que a criança traz,mas existem outras formas para que ela aprenda.A Escola precisa compreender esta realidade.
O autor coloca também que não é surpreendente que uma menina que foi socializada para utilizar a escrita de formas que a escola valoriza e espera tenha oportunidades de êxito nessa escola.Ou seja,se o contexto de alfabetização familiar se parecer com o contexto de alfabetização escolar, a transição é mais fácil para os meninos e meninas.Assim,as crianças desses meios,provavelmente terão menos dificuldades,implica dificuldade e não impossibilidade de aprendizagem.

* Quando se diagnostica a forma de linguagem das crianças,se planeja como fomentar estas linguagens.Assim por exemplo:a criança vem para a escola e pede para ir ao banheiro 1- xixi; 2 cocô.É preciso trabalhar a adversidade da língua da criança.
Outra realidade apontada é que não se investe em educação,a classe dominante domina vários idiomas enquanto que a camada popular fica na gíria.Em se tratando de norma reguladora e padrão,a escola tem que ser o acesso para que todos tenham conhecimento da língua.
Nos países de primeiro mundo ensina-se mais de uma língua.

A ESTRUTURA PARTICIPANTE DO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

O turno é o momento em que alguém está com a fala.O indíviduo compreende o sentido daquilo que é lido.

A escola precisa criar situações para mélhorá a escrita.Como é que se pode desenvolver a oralidade das crianças?Ter perspectiva de se trabalhar por outros parâmetros.A escola se funda no padrão acadêmico para cada pessoa.



Bibliografia:
Teberosky,Ana.Gallart,Marta S. - Contextos de Alfabetização inicial- Artmed. 2004

segunda-feira, 27 de julho de 2009

ENTREVISTA COMA ESTUDANTE VITÓRIA ,8 ANOS 2 SÉRIE COLÉGIO PINHEIRO

Agora estaremos fazendo cinco perguntas referente assuntos relativos a disciplina de Língua Portuguesa.

P1.Saber ler e escrever requer um forte desempenho de aprendizado.Você teve mais facilidade em aprender a ler ou a escrever?

V.A escrever.Porque quando eu vi as letras,eu gostei delas,aí eu aprendi a escrever.Por isso,agora já sei escrever.


P2.O que você mais gosta na língua Portuguesa?

V.Fazer dever de casa como caça palavras.

P3.Você acha importante falar bem?

V.Claro.É bom falar bem porque dá uma sensação boa.

P4. Você costuma ler jornais e revista regularmente?

V.Sim de vez e quando.Eu gosto mais de ler revista do que jornal.

P5.Você acha bonita a Língua Portuguesa?

V. Acho.Porque não podemos mudar para outra.Eu acho bastante legal,é nossa língua.

VÍDEO JEAN PIAGET

video

Segundo Emilia Ferreiro".. em todas as minhas apresentações e publicações anteriores tenho afirmado que a teoria de Piaget foi minha principal fonte de inspiração para a pesquisa sobre leitura e escrita".

Entendemos que todos os educadores devem compreender Piaget assim como Emilia ferreiro tão bem retrata.Sua brilhante obra é um orgulho para quem estuda a ciência da educação e já partiu do senso comum.